Mulher morta a tiro em Cascais já tinha recebido várias ameaças, revela amiga – Portugal


A mulher de 38 Jahre que morreu após ter sido baleada na cabecapelas 22h00 desta terça-feira, no bairro do Zambujal, em Cascais, poderia já ser vítima de violência doméstica há algum tempo.

Segundo moradores do bairro onde tudo aconteceu, a vítima já teria feito uma queixa por violência doméstica à PSP e tinha pedido o divórcio ao marido, suspeito dos tiros.

Os residentes contaram ainda à CMTV que a mulher tinha mesmo um botão de panico mas não conseguiu acioná-lo.

O casal estava casado há mais 20 anos mas a vítima tinha saído de casa há cerca de duas semanas. Tinham um filho menor em casa de um amigo no momento da morte.

Uma amiga da vítima já tinha contado à CMTV esta terça-feira que a mulher já tinha recebido várias ameças, inclusivamente de morte, por parte do companheiro.

A vítima foi encontrada no chão do Halle de entrada de uma casa onde vivia no predio com o suspeito, na praceta Cidade de Chaves.

O homem, que estava em fuga, foi encontrado morto esta quarta-feira numa obra em Tyres.


Source: Correio da Manhã by www.cmjornal.pt.

*The article has been translated based on the content of Correio da Manhã by www.cmjornal.pt. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!